Roberto Leal despediu-se dos fãs como se pressentisse a morte. «Vou levá-los no coração»

Roberto Leal falou com os fãs naquele que terá sido o seu último concerto. As suas palavras são entendidas agora como uma mensagem de despedida e de presságio da sua morte.

18 Set 2019 | 20:50
-A +A

Em 2017, Roberto Leal foi aconselhado pelo médico a ficar em casa e não dar concertos. Mas a vontade de estar com os fãs e espalhar o seu talento era mais forte do que qualquer dor e, contrariando os conselhos, atuou em Danbury, Connecticut, numa angariação de fundos.

Em palco, o artista fez um discurso que comoveu os presentes e que, agora, é visto como uma autêntica despedida. Este terá sido o último concerto do cantor.

«Fico muito agradecido a Deus por tudo o que está a acontecer comigo. Nunca pensei fazer um espetáculo o tempo todo sentado, mas é maravilhoso aprender o que estou a aprender, nunca tinha pensado nisso», começava por dizer.

«O meu médico disse-me: ‘Roberto, você não vai fazer espetáculo’. Não!», respondeu-lhe. «Eu fui para todos os lugares porque se eu estivesse ficado em casa eu ia valorizar a dor. Iria dar-lhe todo o tempo. Quando damos muita força para o que não é bom, fica maior que nós. A dor não pode ser maior do que a nossa alegria», acrescentou.

 

«É por isso que quero deixar aqui um forte abraço, que Deus vos abençoe»

 

Roberto Carlos prosseguiu o diálogo com os fãs, recebendo muitos aplausos. «É por isso que quero deixar aqui um forte abraço, que Deus vos abençoe e que a fé esteja presente a vossa vida. Se não fosse essa fé a desafiar a própria medicina, não estaria aqui e não receberia o que vocês me deram. Vão ficar todos comigo, porque vou levá-los no coração. É o vosso amor que me sustenta.»

E terminou com a frase que soa a despedida. «Um dia arrumamos esta perna. Um dia arrumamos este olho. Mas não podemos deixar de arrumar a nossa alma. Fiquem com Jesus Cristo».

O vídeo captado por um fã está a ser divulgado no YouTube e a emocionar aqueles que mais o admiravam. Roberto foi a grande atração da angariação de fundos promovida pelo Portuguese Cultural Center de Danbury e, na mesma altura, começou a luta contra o cancro de pele.

O português nascido em Vale da Porca, Macedo de Cavaleiros, e radicado no Brasil, perdeu a vida após ter tido uma reação alérgica a um medicamento, que se traduziu numa insuficiência renal e hepática.

 

Assista ao vídeo:

 

 

VEJA AINDA:
Última aparição pública de Roberto Leal foi 15 dias antes da morte. Veja as imagens!
Corpo de Roberto Leal segue para cemitério em camião de bombeiros. Veja as imagens!

 

Texto: Mariana de Almeida | Fotos: Impala

PUB