Novo programa substitui Rua das Flores e TVI já revelou os apresentadores

As fracas audiências da novela “Rua das Flores” levaram o canal a mexer na grelha. Assim, às 19h, será emitido um novo formato: “Hora de Verão”.

08 Ago 2022 | 16:50
-A +A

Nesta segunda-feira, 8 de agosto, a novela “Rua das Flores” vai ser exibida mais cedo e a TVI já anunciou o programa que vai substituir a trama no horário das 19h. O novo formato chama-se “Hora de Verão” e, tal como a TV 7 Dias já tinha revelado, vai ser muito semelhante ao “Esta Manhã”.

Mas as semelhanças entre “Hora de Verão” e “Esta Manhã” não são apenas no conteúdo. Segundo foi revelado no “Dois às 10”, os apresentadores também serão os mesmos: Sara Sousa Pinto e Nuno Eiró. “Este é o programa mais rápido da televisão portuguesa. (…) Vamos ter convidados em estúdio, não vamos estar sozinhos em estúdio, basicamente vamos explorar um bocadinho esta ‘silly season’, que não parecendo até tem muito conteúdo e nós vamos esmiuçar esse conteúdo todos os dias”, disse Nuno Eiró. Helena Isabel e Inês Simões serão duas das comentadoras do novo formato.

Fonte oficial da estação de Queluz de Baixo não confirma ao nosso site que esta alteração na grelha é permanente, explicando que, para já, o novo programa está garantido apenas nesta segunda e terça-feira (9 de agosto). Assim, nestes dias, “Ouro Verde” começa às 18h, “Rua das Flores” às 18h30 e, às 19h, será transmitido “Hora de Verão”.

Ana Bola chorou com fim antecipado de “Rua das Flores”

Os resultados da novela “Rua das Flores” não corresponderam às expetativas e a TVI decidiu acabar a novela mais cedo do que estava previsto. Nas redes sociais, no dia em que terminaram as gravações, a protagonista, Ana Bola, lamentou o caso. “E pronto, acabámos hoje. Eu, por acaso, acabei ontem, mas estou solidária com os meus colegas e ainda não consegui parar de chorar”, começou por escrever.

Recorde-se que Ana Bola já tinha dito que não tencionava fazer mais novelas na sua carreira, mas decidiu aceitar integrar o elenco de “Rua das Flores”. “O que me faz aceitar um projeto é sobretudo a minha intuição e dois ou três amigos que me aconselham e me fazem ver os prós e contras. Sempre que eu não segui a minha intuição, não foi uma coisa feliz. Na ‘Rua das Flores’, a minha intuição disse-me que sim e sobretudo porque me explicaram muito bem o que era a novela, o horário, o target, definiram muito bem as personagens do meu núcleo. Achei muito interessante. Estava há muito tempo sem trabalhar e achei que, até para parar um bocadinho com o teatro, porque estava francamente cansada, era uma oportunidade, até porque o tom era de comédia”, afirmou no início deste projeto.

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Divulgação TVI

PUB