Marco Paulo RECORDA: «A minha mãe morreu no hospital onde eu teria morrido se…»

Em entrevista a Daniel Oliveira, Marco Paulo falou dos momentos trágicos da sua vida: a luta contra o cancro, a morte da mãe e, mais recente, a morte da irmã.

11 Ago 2018 | 18:14
-A +A

Marco Paulo abriu o coração e falou sobre a morte mãe. Numa conversa intimista com Daniel Oliveira no ‘Alta Definição’, da SIC, emitido a 11 de agosto, o cantor falou da decisão mais difícil da sua vida e das saudades que sente da progenitora.

O cantor, de 73 anos, confessou que a sua fé e devoção a Nossa Senhora ‘vem de há muitos, muitos anos’ e que um dia cantará, de novo, para a mãe.

«Falo muitas vezes com a minha mãe. Não sei se as pessoas aceitam bem ou mal aquilo que vou dizer mas a minha mãe está à espera de me ouvir cantar. A minha mãe está à espera de me abraçar», começou por referir a Daniel Oliveira, de lágrimas nos olhos.

«Ela tem saudades minhas e onde ela estiver, está a ajudar-me. A dar-me forças. Quando sei que possivelmente não vou corresponder àquilo que as pessoas esperam por estar cansado ou rouco, quando entro no palco alguma estrela me ilumina. E essa estrela é ela, a dizer-me tem força que vais conseguir. E eu consigo», continuou.

«Mas eu ainda vou cantar para ela»

Emocionado, Marco Paulo afirmou com toda certeza que um dia irá encontrar de novo a progenitora e que lhe dará a felicidade de ouvi-lo a cantar uma última vez. «Tenho essa fé, essa certeza de que um dia que aquela pessoa que tanto me apoiou e que era minha fã incondicional… ela só via o filho à frente, só ouvia a sua voz… E eu sei que ainda me vai ouvir cantar e isso vai ser no céu, de certeza absoluta».

Ao longo da conversa, o cantor falou do cancro contra o qual lutou e recordou o momento em que contou à mãe: «Ela nunca me tinha visto sem cabelo, careca, nunca me tinha visto doente… e um dia entrou na minha casa, quando já estava quase recuperado, mas ainda não tinha cabelo. Ela soube que eu estava doente, mas não sabia o que tinha e nesse dia vinha almoçar comigo. E foi quando lhe dissemos. Entrou na sala, viu-me sentado à cabeceira da mesa e perguntou ao meu compadre quem era aquele senhor, se era um estrangeiro. E foi ai que eu lhe disse: mãe eu tenho cancro», revelou, lavado em lágrimas.

ESPREITE TAMBÉM: Marco Paulo fala sobre MORTE: «A minha mãe está à espera de me abraçar»

Marco Paulo foi diagnosticado com um cancro do cólon em 1996. Na altura tinham-lhe sido dado apenas dois meses de vida mas Marco Paulo conseguiu ganhar a batalha contra a doença.

«Ela deu-me muita força. E eu, a partir daí, também tive de lhe dar muita força até ao último dia da vida dela. E ela morreu no mesmo hospital onde eu estive internado. Onde possivelmente eu teria morrido se não me tivesse curado».

O cantor recordou ainda os ‘famosos caracóis’ que perdeu devido aos tratamentos de quimioterapia quando revelou que o mesmo acontecera à irmã, Maria de Fátima, no ano de 2015. No entanto, ao contrário do irmão, acabou por não resistir à doença. «Acompanhei sempre. Durante 3 anos. O seu sofrimento e a sua dor», sublinhou.

Fotos: Arquivo Impala

PUB