Casillas diz que está «TUDO CONTROLADO»! Médico afirma que «teve a maior sorte do mundo»

Numa primeira reação, o guarda-rede do F.C. do Porto tranquilizou os fãs e disse que continua com as «forças intactas». Também Sara Carbonero já falou sobre o enfarte que o marido sofrera.

02 Mai 2019 | 9:50
-A +A

Depois de, esta quarta-feira, 1 de maio, Iker Casillas ter sido internado de urgência devido a um enfarte agudo do miocárdio, que ocorre quando uma parte do coração não recebe sangue suficiente, o mundo ficou atento ao desenvolvimento do estado de saúde do guarda-redes do Futebol Clube do Porto.

Na quarta-feira, ao fim do dia, o guarda-redes recorreu às redes sociais para tranquilizar os fãs. «Tudo controlado por aqui. Foi um susto grande mas continuo com as forças intactas. Muito obrigado a todos pelas mensagens e pelo carinho», escreveu como legenda de uma fotografia em que surge deitado numa cama de hospital.

Também Sara Carbonero fez questão de partilhar uma fotografia com o marido e deixou uma mensagem. «Tudo não passou de um susto. Muito obrigada pelas mensagens de carinho e preocupação. Como me disse hoje uma boa amiga, a vida tem uma maneira estranha de nos recordar para celebrar cada batida», escreveu a jornalista.

 

«Teve a maior sorte do mundo»

 

O empresário de Iker Casillas, Carlos Cutropia, explicou, à rádio espanhola COPE, tudo o que aconteceu com o guarda-redes do clube dos Dragões. «A meio do treino desta quarta-feira, ele começou a sentir dores no peito, boca e braços. Rapidamente, a equipa médica do FC Porto, a quem agradecemos o profissionalismo, o levaram para o hospital, onde lhe fizeram um cateterismo e desbloquearam a coronária e assim começou a recuperar. Pela tarde, já era o Iker que conhecemos», começou por explicar o empresário.

Carlos Cutropia afirmou que o jogador «nunca desmaiou» mas que também não teve consciência do que tinha sofrido. «Ficou contente por estar bem e por não ter ficado com sequelas», contou.

Sobre se Iker Casillas já tinha tido algum problema de coração, o empresário afirmou: «Nunca tinha tido nenhum sintoma, é algo que não é usual, muito menos para um desportista. Foi uma surpresa para todos. Teve a maior sorte do mundo, se isto acontecia em casa, as consequências seriam tremendas.»

Neste momento, o empresário informa que o jogador de futebol deverá ficar hospitalizado durante os próximos três dias mas está «tranquilo» e «não necessita de um tratamento especial». «Esta foi a maior vitória da sua vida», garantiu.

 

Leia ainda:
Veja as mensagens DE APOIO a Iker Casillas

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais | Fotografias: reprodução redes sociais

PUB